LiveZilla Live Chat Software

Page title

25
jun
Mega Assembleia reúne centenas de motofretistas.
A categoria mais uma vez mostrou força e compareceu em peso no Sindimoto SP, que realizou assembleia para esclarecimentos em relação ao pagamento da periculosidade.
Desde a assinatura da presidenta Dilma Roussef no Palácio do Planalto, no dia 18/06 e posterior publicação no Diário Oficial da União no dia 20/06 – para pagamento imediato do benefício, os motofretistas vem sofrendo com discursos de demissão que alguns empresários estão fazendo nas empresas de motofrete.

Em pronunciamento oficial  a própria presidenta minimizou o fato e afirmou que se fosse criar impacto negativo e severo no setor, outras categorias não pagariam o benefício.

“Essa aprovação é um reconhecimento aos esforços feitos pelos profissionais do setor e nada mais justo e necessário. Uma categoria que enfrenta o trânsito das cidades e todos os perigos que daí vem e que, em alguns momentos têm de cumprir horários apertados, tem direito sim, a periculosidade”, disse Dilma Roussef.

Durante o evento, os motofretistas foram informados que o SindimotoSP está tomando as devidas providências sobre o assunto e que material explicativo será distribuído em breve. O SindimotoSP também afirmou que terá uma reunião com o Ministério do Trabalho e Emprego para acelerar o pagamento do benefício para o trabalhador e alertar o ministério contra possíveis abusos.

O Projeto

O projeto de lei do senador Marcelo Crivella ficou cerca de 11 anos esperando aprovação. Foram várias idas e vindas tanto no Senado Federal quanto na Câmara dos Deputados Federais até chegar no Palácio do Planalto. Em todas as passagens pelas comissões, o SindimotoSP articulou e mostrou aos parlamentares a importância da aprovação. Ao tomar conhecimento do que isso significaria para à categoria, Dilma Roussef sancionou.

Fonte: www.sindimotosp.com.br